sexta-feira, 27 de maio de 2011

MARCAS PODEROSAS...

                                                                                 




Este é o monograma da marca mais valiosa do mundo, em pesquisa feita para empresa Millward Brown Optimor (especializada em consultoria de mercado).

A lista das dez marcas de luxo mais valiosas do mundo foi divulgada esta semana e a pesquisa foi baseada nos faturamentos anuais das grifes.

A diferença entre e Louis Vuitton (primeiríssima colcoada) e da Hermès (mísero segundo lugar) é a que mais chama atenção. Isso mostra o PODER da MARCA, e prova que sabendo trabalhar com esse poder, a empresa chega mmmmmmmmmmmuito longe... Os números da L.V são impressionantes, o faturamento chegou a US$ 24,312 bilhões.

Vamos aos outros...

1 - Louis Vuitton - US$ 24, 312 bilhões

2 - Hermès - US$ 11,917 bilhões


3 - Gucci - US$ 7,449 bilhões


4 - Chanel - US$ 6, 823 bilhões


5 - Cartier - US$ 5, 327 bilhões

6 - Rolex - US$ 5, 269 bilhões

7 - Hennessy - US$ 4, 997 bilhões

8 - Moët & Chandon - US$ 4, 570 bilhões

9 - Fendi - US$ 3, 422 bilhões

10 - Burberry - US$ 3, 379 bilhões  (NOSSA COMO A BURBERRY É POBRINHA NÉ? HAHAHAH)



quinta-feira, 26 de maio de 2011

CARAVÁGGIO

Quem é daqui por perto sabe que hoje é o dia DELA.
NOSSA SENHORA DE CARVAGGIO é o nome da santa da região, que abençoa os malheiros de Caxias e Farroupilha...
Abençoa aos que tem FÉ.

Em 2007 ELA virou cult (ELA sempre foi cult - mas o filme não foi o sucesso esperado - nesse caso nem um milagre salvou a produção - NA MINHA OPINIÃO FRAQUINHA). O milagre contado no filme é o original, quando um casal retoma a união abalada pelo alcoolismo. O filme tinha um bom elenco, mas...

Confere ai um trecho do filme!

CRIATIVIDADE NÃO TEM HORA!

A notícias não é nova, mas achei MUITO CRIATIVO, e como criatividade não tem hora...

Originalmente, manequins são peças de suporte, que estão na loja para evidenciar um personagem principal, seja roupa, acessório ou bolsa. Isto foi desconstruído por Emannuel Bossuet, diretor de arte da EMM Agency, que transformou 3 peças Stockman em obras de arte.



  Exibidas em uma das fotos como objetos de decoração em uma sala de estar, as criações receberam grafismos variados, que enfatizam linhas e angulações, e lembram caleidoscópios. Todos os modelos são em preto e branco e, mesmo com ares retrô no formato, acompanham um tripé com altura regulável.

A linha, chamada Haute Couture é limitada, contado apenas com 10 peças de cada versão. Todos os lançamentos estão expostos na loja de departamentos Le Bon Marche, em Paris.

P.S: faça você mesmo, dê a sua cara à um maneco destes. MUITO BOM POR PRA FORA AQUILO QUE MORA SÓ DENTRO DE VOCÊ!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Vanity Fair com Carmen Dell 'Orefice

Lá vou eu de novo...
NÃO, a notícia NÃO É NOVA.
Mas a ousadia da Vanity Fair faz tão bem, que é muito bom rever.

Nós brasileiros vivemos num país velho e não entendemos ainda que os idosos são acervo da nossa história. HISTÓRIA VIVA. Eu, sou franca em dizer que tudo o que sou hoje como estilista devo às minhas duas avós. Uma era crocheteira e me ensinou o valor do artesanal, me ensinou a valorizar o trabalho ágil das mãos pequenas. A outra (E POR CULPA MAIOR DELA HOJE SOU O QUE SOU) era costureira. E das boas. Tinha muita qualidade no que fazia. E gostava disso... PONTO PRA ELA QUE ME ENSINOU A GOSTAR DO QUE FAZIA.

P.S: minha mãe era bordadeira, ou seja, a fruta não cai realmente longe do pé!

Tudo isso pra dizer que o editorial da Vanity Fair, com a modelo de 80 anos Carmen Dell'Oreficce é lindo...
Tem rugas, e onde tem rugas tem tempo, e onde tem tempo tem experiência.

AMEI... E a postura dela?

Vale muito a pena ser visto!

 

carmen_vanity_fair

Carmen Dell’ Orefice não é uma modelo nada convencional:
Primeiro pela sua elegância clássica admirada a mais de 6 décadas de trabalho e segundo por estar na ativa mesmo somando 80 anos de vida.
Carmen estrela editorial na edição de março da Vanity Fair Italia fotografada por Ruven Afandor.
A modelo posa em looks dramáticos de marcas como Viktor & Rolf, Stella McCartney, Vivienne Westwood e Ralph Lauren.
carmen_vanity_fair
carmen_vanity_fair
carmen_vanity_fair
carmen_vanity_fair


LINDA! queria eu chegar aos 80 assim!

jacquard jacquard jacquard

Jacquard é uma técnica de tecimento que provoca desenhos nos tecidos, sejam eles planos, circulares ou retilíneos.
Fazer um jacquard LINDO numa malha retilínea, requer muito mais do que habilidade para desenhar.
Requer, máquinas finas (finura 10 considero que já começa a ficar bom...), fios de qualidade, precisão ao escolher e desenhar os elementos e excelente capacidade de interpretação do programador sobre o desejo do criador (essa é a parte mais complicada!).
Acho que tem marcas na serra que tem como marca registrada o jacquard, e conversando especificamente com uma amiga, dona de uma destas marcas ela me confessou que não saberia fazer diferente. (Ótimo, faça sempre assim porque você dá vida à uma moda às vezes "morna").

Falo da Kalusca, empresa de Flores da Cunha (criada em 1984), de gestão familiar, conduzida pela Iva Motterle.
Ela me confidenciou que nunca conseguiu pensar num mundo sem cor, desde que escolheu a primeira caixa de lápis de cor, com seis anos. (FOFO ISSO NÉ, ENTÃO DEVO JÁ ME PREPARAR PORQUE O MUNDO DA KAKÁ SERÁ INTENSAMENTE COLORIDO...)

A empresa é uma das primeiras malharias a lançar o comércio online. Acho excelente a idéia de se lançar em novos mercados!

E o produto, é uma graça, dá uma olhada:

esse desenho me lembra Missoni - MUITO BOM!

a elegância dos anos 30?

adorei esse style - ótima essa saia quebrando a rigidez da malha....

olha que romântico!

ADOREI esse cardigã com mistura de desenhos - E A LINGUAGEM JOVEM

um twin set de outras proporções...

olha o pullover geek! AMADO!

terça-feira, 24 de maio de 2011

SOBRE AS MULHERES

O texto novo da Afrodite está no ar.
Desta vez é uma carta para o Guilherme, pra ele entender que as mulheres são seres ÓTIMOS. Nada complicados, ou estressados.


Mulheres são seres que precisam de afeto, carinho....


Lê, e opine... PRECISO DE OPINIÕES!

O TEXTO ESTÁ DISPONÍVEL EM: SOBRE TODAS AS COISAS

acessórios MASCULINOS - UI!

Homens também me lêem?
Se não me lêem deveriam!
hahahahah

O post abaixo fala das "necessidades" masculinas em termos de acessórios para o inverno que estamos vivendo... Achei lindo, to até pensando em presentear o marido! (hahahaha - se ele merecer!)

Acho bem importante nós,  mulheres, sabermos que não estamos a sós no mundo das escolhas de acessórios. A regra que vale para mulheres também serve para homens, porque estilo próprio e personalidade contam sempre e muito!

Homens brasileiros, digo gaúchos (que se consideram machos acima de tudo) não costumam usar muitos adereços. A vantagem é que um bom número de homens vaidosos (antigamente conhecidos como metrossexuais) está entendendo que a masculinidade não está em cordões, anéis ou bolsas.

Aliás, as bolsas tem ganhado um bom espaço no guarda roupa masculino...
Gucci

Giorgio Armani

Ermenegildo Zegna

Mantas, cachecóis e até pashminas andam fazendo parte do guarda roupa masculino, assim como as gravatas slim fit, e os óculos de sol com personalidade.
Relógios são um caso de amor masculino à parte. Expressam num único objeto, um lifestyle invejável. Relógios são capazes de contar aventuras (de todos os tipos!)...


este é um Benrus Sky Cheaf - um relógio que conta mais que um lifestyle, conta uma vida!

Os óculos escuros vieram com uma nova roupagem, já que aquela antiga história de que eles só poderiam ser usados em dias de sol. Muito antigo isso!!! Eles podem e devem estar com você até em dias nublados; pois além de dar um ar fashion, são nada mais, nada menos do que proteção aos olhos contra os raios ultravioleta.
TNG
Pensando nisso, a Kenzo, Tom Ford e TNG, em suas últimas amostras,acertaram na presença marcante desse acessório.
Diferenciando do verão passado, os modelos “wayfare” super coloridos, ainda virão no próximo inverno, só que em armações mais escuras. De preferência…
Tom Ford
Kenzo
TNG
Não é difícil fazer escolhas com personalidade.
Os acessórios contam uma história, compõe um personagem, mostram o que há de melhor num homem.

ACREDITEM MENINOS, ADORAMOS HOMENS QUE SABEM SE CUIDAR!

RECICLE COM DESIGN

Sabe aquela história mais do que batida de sustentabiliade permeada pela reciclagem, pelo reaproveitamento? Pois andando por sites de moda e design eu encontrei o designer Mieke Meijer, um profissional de design da Design Academy Eindhoven, na Holanda.
Ele, empiricamente fez o que uma professora de artes faria sem a menor cerimônia. Foi colando jornais uns sobre os outros, da forma mais comprimida possível, deu um acabamento, lixou e voilá... esculpiu peças de mobiliário e acessórios que ficaram com um visual bastante próximo ao de madeira de verdade. A técnica foi batizada de NewspaperWood, o projeto foi apresentado durante o Milan Design Week 2011.

Olha as imagens:

eu gosto disso, sempre gostei dessa impressão de jornal. Acho vintage!

as medalhas parecem madeira, né?

Outra designer que merece atenção, por usar papel de modo não convencional é a alemã
Susanne Holzinger. A intenção da designer é confundir o olhar dos consumidores, conferindo estética muito semelhante com a de peças em metal e outros materiais mais convencionais.


olha essa pulseira. Você diria que é papel?

E esse pingente? TUDO DE BOM, NÉ? FALA SÉRIO!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

MARKETIN DIGITAL E REDES DE RELACIONAMENTO

 A importância das redes sociais  é cada vez maior no processo de estreitamento de laços entre consumidores e marcas, principalmente na aplicação do Social Commerce. (LEIA-SE OPORTUNIDADE DE FAZER ACONTECER COM CUSTO RELATIVAMENTE BAIXO).

O conceito chegou recentemente ao Brasil e ainda é pouco explorado pelas empresas mas vem crescendo, devido ao boom da mídia social nos últimos anos. Umas das primeiras companhias a utilizar a ferramenta foi o Yahoo!, em 2005, quando permitia que os usuários recomendassem produtos na web, um dos primeiros passos do social commerce (TAMBÉM CONHECIDO COMO VENDA ONLINE), que hoje começa a amadurecer e se ampliar (INCLUSIVE COM OS GRUPO DE DE COMPRA - peixes urbanos da vida!).

Mas, temos que ter um certo cuidado, já que  este tipo de venda, é normalmente mais complicado do que a venda olho no olho, aqui depende MUITO da vontade e da necessidade de quem compra. O “Social Commerce é mais do que a transação financeira no meio on-line. O processo deve se iniciar na pré-venda e se estender ao pós-venda, quer seja negativo ou positivo”, afirmou Alessandro Lima, Sócio-Fundador da E-Life, durante palestra na edição do Rio de Janeiro do Digitalks Days, realizado na última quarta-feira, dia 18.

Pesquisa e desenvolvimento nas redes sociaisO monitoramento das redes sociais continua sendo um pilar importante para que o relacionamento nestes canais seja fortalecido. Não basta se preocupar apenas com que os consumidores estão falando sobre marcas e produtos. É necessário também saber quais são suas preferências, desejos e necessidades. Mais do que clientes, é preciso entender que os internautas são pessoas, com desejos de compra e com opinião (O QUE É MUITO BOM E MUITO RUIM, OU SEJA, TEM OS DOIS LADOS DA MOEDA!).
Um exemplo é o que faz a  Seda no Twitter. A companhia monitora assuntos no microblog envolvendo temas relacionados aos produtos do portfólio da marca, como cabelos e mulher. No momento em que uma internauta posta um comentário sobre algum destes assuntos, a empresa sugere um produto como alternativa para ajudar a consumidora e envia uma amostra grátis.
Sites como o Twitter também são uma oportunidade de pesquisa e desenvolvimento de soluções para os clientes. Um consumidor comentou sobre sua dificuldade em retirar o lacre das embalagens de mostarda Hellmans, comparado à facilidade com que retira a mesma proteção do ketchup da marca. A Unilever, ao ser notificada, além de desenvolver uma solução para o questionamento, respondeu o internauta, agradecendo.
“Monitorar as rede sociais também é gerar Social Commerce. Esses ambientes fornecem insights gratuitos e permitem encontrar o consumidor no momento da intenção de compra”, ressalva o Sócio-Fundador da E-Life, em entrevista ao Mundo do Marketing.

A Google também prepara novidades mas isso é matéria para um post inteiro!

Mobile Marketing em altaOutros itens que estão ganhando importância na estratégia digital das empresas são os smartphones e tablets. Com a expansão do consumo destes produtos, principalmente com medidas como a redução do Governo da taxa de importação a partir do próximo ano, é provável que haja um aumento da base de usuários e mais oportunidades de relacionamento a qualquer momento e em qualquer lugar.
Hoje, o consumidor já se relaciona com cinco telas, a tendência é que este número aumente. “Temos o cinema, a televisão, o computador, os celulares e, mais recentemente, o digital signage, aquela extensão da TV, nos ônibus, academias, ruas e lojas, com fins voltados para o Marketing. Com o advento dos tablets, as pessoas estarão em contato com mais uma tela”, ressalta Rodrigo Tigre, Gerente Comercial do Grupo Bolsa de Mulher.

PERFEITO NÉ? BASTA SABER TRABALHAR!


amo meu BLACK (depois que vc experimentar, numa mais vive sem um!)

hummmmm. QUERO UM DESSES...

design da APLLE não tem =.


Iris Van Herpen

iris_capa
isso tem a cara da Bjork, né?


Cheiro de NOVO no ar.

Iris Van Herpen é uma dessas estilistas que faz um trabalho cuja linha divisória entre moda e arte não fica clara. A holandesa, estagiou com ninguém menos que Alexander McQueen, em Londres.

Suas criações frequentemente misturam elementos de moda, arte e escultura, usando materiais específicos do design de produtos e da arquitetura. Em entrevista para a “Dazed&Confused”, Iris contou que o mais importante de seu trabalho é manter-se próxima ao formato do corpo. “Meu trabalho é sobre materiais, formatos e novas técnicas. Eu gosto de trazer novas técnicas para a moda, porque de outra maneira eu não posso respirar ou continuar criando”, explicou a designer. Além da matéria-prima diversa, Iris coloca a tecnologia a seu favor, já que algumas peças são desenhadas no computador e feitas a laser, pois utilizam técnicas difíceis de serem feitas à mão. No entanto, em boa parte de seu trabalho, a estilista combina o uso da tecnologia com artesanato.

“Para mim moda é uma expressão da arte que está muito relacionada comigo e com meu corpo. Eu vejo isso como minha expressão de identidade combinada com desejo, humor e cultura”, explica a designer (MUITO BOM ISSO COMBINAR DESEJO - HUMOR E CULTURA). Para ela, moda é muito mais do que somente funcional ou uma ferramenta comercial, e sim uma maneira de mostrar e vestir arte.

Seu discurso é coerente com sua carreira, já que Iris é não faz roupas em larga escala. Seu design, inclusive, não é possível de ser usado diariamente. Ela não está preocupada com números, porque a arte não é preocupada com números. Isso me faz lembrar de uma antiga questão: MODA É ARTE?

Iris van Herpen vai desfilar na próxima edição da Semana de Alta Costura de Paris como membro convidado; no início do ano, ela havia feito um desfile paralelo ao evento. Iris é uma estilista que destoa de um jeito bom do tradicionalismo recorrente dos estilistas da alta-costura, que, para ela, precisa de uma nova imagem, novas técnicas, experimentações, materiais e conceitos modernos, como são o futuro e a inspiração da moda (PARA MIM TAMBÉM!).

Então? Alta costura com novidades: IRIS VAN HEPEN!


iris_van_2
olha essas estruturas: EXERCÍCIO DE MODELAGEM E EXECUÇÃO. é muito mais do que criatividade.

FASHION BUSINESS

Hoje começa o  FASHION BUSINESS .
Maior bolsa de negócios de moda da America Latina. Na verdade, não sei se é a maior, mas sei que é a mais autoral, é a semana brasileira onde desfilam os meus preferidos, e a semana que tem como ponto de partida sempre o próprio umbigo, obrigando a ser autoral. ACHO ÓTIMO.
Quando digo o próprio umbigo me refiro ao local, e não ao global. Sim porque fazer moda global (aquela que todo mundo copia de todo mundo é fácil) é bem diferente de fazer moda local com referências globais. E as marcas que desfilam no Fashion Rio sabem muito bem fazer isso.

As inspirações do que cada um vai fazer já foram lançadas e valem a pena serem lidas antes dos desfiles serem vistos... Vamos à elas:

Patricia Viera e Carlos Miele: Patricia teve a Espanha como local ideal para desenvolver seu verão 2012 permeado por franjas, babados, capas e mangas soltas, além de muito couro, claro. Miele (super reconhecido inclusive fora do país) aposta no estilo cool e sexy da mulher carioca que passeia pelo mundo. O stylist fica a cargo de Felipe Veloso.

Maria Filó: (AMO ESSA MARCA, QUE ALIÁS TEM UM ÓTIMO BLOG) brisa de mar, fruta madura, jardim colorido e grama molhada são as sensações que a marca quer imprimir na próxima estação. Prepare-se para um desfile conceitual.

Sta. Ephigênia: (TODO MUNDO JÁ SABE, MAS EU VOU REFORÇAR: O LUCIANO CANALLE É DE GALÓPOLIS GENTE, LOGO ALI... DEVO ATÉ ENTENDER QUE FOI CRIADO DENTRO DO LANIFÍCIO! HEHEHEHEHE) uma ilha imaginária no Pacífico habitado por mulheres de diferentes etnias é a inspiração da marca que ainda aposta nos diferentes pesos dos materiais e nas estampas floridas.

Giulietta: a sofisticação dos anos 1950 é a partida da coleção de verão da dupla Priscila Barcelos e Rosa Duarte. Transpor o resort para o asfalto é o desafio.

Victor Dzenk: (ELE É SEMPRE CONCEITUAL - A MEU VER - ACHO ÓTIMO ISSO) uma mulher que surge da mata amazônica é a referência do estilista - uma mulher forte, guerreira. Atenção para o uso do artesanato e materiais naturais. Cenografia assinada por Bia Lessa.

Mara Mac: (AAAAAAAAAAAAMO. AO MESMO TEMPO QUE TEM CONCEITO É SUPER COMERCIAL. MINHA AMIGA CRIS CARVALHO FOI QUEM ME APRESENTOU - E ELA ENTENDE DO COMERCIAL FASHION!) percorrendo as cores brancas, areia, gelo e tons de pink, a marca constrói sua coleção com detalhes nas costas, aberturas, fendas e transparência.

Cholet: a aposta é no jeanswear como tendência para a estação que chega repleta de referências campestres e estampas florais.


Lix: tem flower power muito presente, ou seja, a estética hippie guia a coleção de verão da marca.

Cavendish: (OUTRO AMOR ETERNO) a marca tem o olhar voltado para o étnico e inspirações vindas da América do Sul e promete muitas estampas, couro metalizado, jogo de bordados reais e digitais, entre outras surpresas.

Afghan: mergulha na história para descobrir a riqueza e abundância da nossa terra. As formas aparecem soltas e despojadas em vestidos longos e pantalonas.

Sacada: (ACHO ESSA MARCA TÃO SENSUAL, LEMBRO DE PRODUTOS ANTIGOS, CHEIOS DE ESTILO!)  uma mulher tropical e, ao mesmo tempo, globalizada e sofisticada é o mote da marca.

Oh Boy!: (ISSO EU QUERO MUITO VER!) a marca promete desfilar não apenas moda, mas estilo de vida. Inspirada na juventude da década de 60, o boho chic deve vir com força total na coleção.


Eu não vou por o Line Up, se vc quiser, entra aqui e confere!


croqui da Sta Ephigênia!


Depois disso tudo, que venha o Fashion Rio!

domingo, 22 de maio de 2011

O CÉU E A VIDA

Textinho para matar a saudades de escrever no espaço  SOBRE TODAS AS COISAS.

Essa publicação foi a que rendeu mais comentarios para mim durante toda a  "vida" da Afrodite até agora.

curiosidade: foi feito durante uma coleta de sangue, daqueles exames de glicose gestacional (medidas a cada 60 min. São 4 coletas - ou seja fiquei uma manhã toda pensando na cidade, ao invés de pensar na saúde do pequeno Guilherme e na minha.... hahahahahahah)...

Mas, foi bom, assim entendi que o que eu quero da vida é um canto verde! (sem sapos...)

"Estamos aqui para aprender..."

O tempo é mesmo injusto, se aproveita das nossas tristezas e as transforma em oportunidades!

Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget