sábado, 25 de junho de 2011

sexta-feira, 24 de junho de 2011

AS COTAS DA CULTURA

O TEXTO ABAIXO FALA DAS COTAS DE NEGROS EM CASTING DE DESFILES NACIONAIS.
SOU CONTRA, COMO O AUTOR, QUALQUER TIPO DE COTA.
SE ACREDITAMOS EM IGUALDADE, AS COTAS DISCRIMINAM.

PENSE NISSO!

RETIRADO DA COLUNA DO BRUNO ASTUTO - JORNAL O DIA - RIO


Naomi, Glória e as cotas!
A top Naomi Campbell enviou e-mail à coluna chocada com a declaração do agente Bruno Soares ao jornal britânico ‘The Daily Mail’ sobre a falta de modelos negros nas passarelas da São Paulo Fashion Week. Declarou o rapaz: “Os negros no Brasil são pobres e não consomem moda. Isso se reflete no casting”.

“Isso é absurdo”, rebateu Naomi. “O que está acontecendo? Como podem dizer uma coisa dessas?”. A jornalista Glória Maria juntou-se à indignação da amiga: “Eu não vou nem citar a Taís Araújo, a Camila Pitanga e a mim mesma, que somos consumidoras de moda, mas os milhares e milhares de negros que são juízes, advogados, empresários e formadores de opinião que ajudam a sustentar a indústria da moda. Basta olhar a seção de economia das principais revistas e jornais para ver a importância do consumidor negro no mercado brasileiro. Isso é falta de cultura e de informação”.

Bruno se defende: “Eu não disse nada daquilo. O repórter quis criar uma frase polêmica para vender jornal. Sou negro, trabalho há anos no mercado da moda, já desfilei para marcas como Jean Paul Gaultier e fotografei para revistas como a ‘Vogue’ francesa e a ‘Harper’s Bazaar’. Nunca senti na pele preconceito por ser um modelo negro e, numa semana de moda em Paris com 15 desfiles, já cheguei a fazer 13. Hoje cuido da carreira de três modelos, entre elas, a Aline Weber. O que eu disse é que, do ponto de vista mercadológico, acredito que nós, negros, devemos vender menos. Só isso explica o número reduzido de modelos negros nas campanhas e nas passarelas”.

Glória, que assistiu ao desfile da grife Cia. Marítima, em que foram distribuídas bonecas Barbie aos convidados, avisou que está à disposição. “Só não tem negros na passarela porque não querem. Todo mundo gosta de fazer média, dizer que não coloca porque não tem modelos no mercado. Na hora de fazer casting, procuram os suíços, os nórdicos, como se a gente vivesse num país europeu. Se alguém quiser fazer um casting de negros, eu mudo de profissão por alguns instantes e arrumo rapidinho os modelos mais lindos do mundo”.

Vou me meter no vespeiro: não sou lá muito a favor de política de cotas, qualquer uma. Ainda mais se tratando de uma expressão artística, como um desfile, uma peça de teatro, um filme ou uma novela. Se um estilista quiser homenagear o Japão, como diziam alguns nos corredores da São Paulo Fashion Week, um modelo negro causaria estranheza. Mas será que ele abriria mão de uma Gisele Bündchen em prol de um casting só de asiáticos?

Fato é que a política de sugestão da cota mínima de 10% feita pela organização da São Paulo Fashion Week produziu um fato inédito, interessante e que indica um grande avanço no mercado: o modelo masculino recordista da temporada foi um negro, Ronaldo Martins. Viva ele!

Essa parte é o óóóóóóo´:
Uma produtora alegou que as marcas brasileiras estão buscando reconhecimento nos mercados europeu e norte-americano, por isso tentam “buscar uma beleza mais adaptada à realidade de lá”. Querida, o que dizer do sucesso inegável de Beyoncé, Alicia Keys, Rihanna, disputadíssimas pelas grifes internacionais para usarem suas roupas? Se as marcas brasileiras insistirem em copiar os padrões do Hemisfério Norte, elas continuarão a manter esse patamar irrisório de participação no mercado mundial de moda.

A cara do Brasil é a pluralidade, a generosidade, a falta de sectarismo. Nosso maior produto é a cordialidade, a convivência pacífica com as diferenças, o tropicalismo afetivo. Ignorar a beleza, a nobreza, o caminhar aristocrático, sinuoso, felino e arrebatador de nossos negros, e o potencial de inspiração de riquezas a ser explorado em nossas fronteiras já deixou de ser uma questão de preconceito. É apenas uma grande imbecilidade
.
Beijo, me liga, até amanhã.


PARA DEIXAR CLARO: CONCORDO E MUITO COM O BRUNO ASTUTO. SOMOS O PAÍS DA DIVERSIDADE.
MEUS CLIENTES SABEM QUE VIVO INSISTINDO EM TER NEGROS NAS CAMPANHAS QUE MONTAMOS. E VOU CONTINUAR INSISTINDO. O MUNDO NÃO É SÓ DE LOIROS, ALTOS DE OLHOS AZUIS. EXISTEM OS NEGROS, OS GORDOS, OS JAPONESES, OS RUIVOS... somos muitos para querer restringir!

Essa é a Érica Dias, da Cast One - LINDA!


page

E esse é Ronald Martins, da Way - recordista em desfiles da SPFW.

Tá, OK...
Postar está virando um vício...
Sim, eu disse que faria feriadão, mas daí lembrei que SEGUNDA COMEÇA O SIMPÓSIO DE MODA.


Não dá pra perder!

Encontro todos lá, e se eu não reconhecer alguém, me pare e me comprimente.

Minha miopia está ficando cada dia pior!!!!


Confere a PROGRAMAÇÃO (Tem um monte de coisas boas, entre elas Ronaldo Fraga e Carol Garcia).


quarta-feira, 22 de junho de 2011

FERIADÃO...

Amanhã é feriado.
Sexta a gente enforca...

Eu queria algo assim para mim:



Mas certo que vou ter algo assim:



Queria ter a paciência do Dalai Lama;

Praticar
 

fazer

e relaxar, ler um livro, ver um bom filme, ou simplesmente dormir.

MAS NADA DISSO ME PERTENCE MAIS, NÉ...

Então vou ser FAMILIA!
Pronto!


bom feriado pra vc também!

CRIATIVIDADE ORGANIZADA

Ah se tudo fosse assim...

Não eu não sou uma pessoa organizada. Aliás sou daquelas que me entendo na minha bagunça!
Mas a idéia de transformar (ou de formar) meus filhos em pessoas organizadas e que sabem onde colocam suas coisas é algo em que tenho trabalhado.
Por isso A D O R E I o conceito desse móvel:

AS GAVETAS / REPARTIÇÕES TEM A IMAGEM DO QUE SE ESTÁ GUARDANDO. DAÍ É SÓ PUXAR / ABRIR PARA ENCONTRA O QUE SE PROCURA...

Assim, tenho certeza de que se torna muito mais "emocionante" guardar algo em um lugar ludico no que em um armário com portas tradicionais!
A criação é do designer Peter Bristol e pode facilitar esta e outras atividades relacionadas com o vestuário infantil.






Chamado "Training Dresser", o armário é inteiramente branco na parte externa e não tem pintura por dentro. Tal criação pode inspirar o mobiliário de lojas infantis, que pode atrair o interesse das crianças sem abusar de cores e formas. Feitos com processos artesanais, os móveis são vendidos no site do designer.
















terça-feira, 21 de junho de 2011

desafio CRIATIVO

ISSO É SHOW. Devíamos ter algo semelhante por aqui... Falamos muito em sustentabilidade, em recuperação, em reutilizar. Falta a prática!

ONU promove biodiversidade na moda

A agência de comércio e desenvolvimento das Nações Unidas estabeleceu três novas parcerias com a indústria de moda no Reino Unido, Espanha e Holanda numa tentativa de encorajar os designers a usarem materiais reciclados ou naturais.

ONU



Na sua primeira iniciativa, a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD na sigla original) criou em conjunto uma categoria de prêmios dentro da campanha Fashioning the Future Awards sediada no Centro para a Moda Sustentável do London College of Fashion.

A categoria “Unique Balance” procura motivar os estudantes de moda a criarem designs ambientalmente sustentáveis. A UNCTAD está também colaborando com o projeto de investigação Coknit Connect no European Institute of Design Madrid, que está trabalhando com empresas de vestuário como a Zara e a Mango para criar produtos feitos a partir de vestuário e tecidos recuperados e/ou reciclados.

Por último, a organização lançou uma parceria com a The Green Fashion Competition da Amsterdam International Fashion Week, em que irá dar o seu apoio a encontrar e financiar negócios de moda que apoiem a biodiversidade. A organização acredita que a indústria da moda pode ter um papel significativo na conservação da biodiversidade através de um uso extensivo de matérias-primas derivadas da biodiversidade, como tecidos naturais e peles de animais.
esta matéria foi retirada daqui.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

FERIADÃO

Eu vou fazer feriadão sim...
Não sei pra onde vou, nem sei se vou sair de casa, MAS VOU DESLIGAR.
DESLIGAR O TELEFONE, O CELULAR, O RITMO.
Provavelmente vou passar algumas horas cuidando de mim, porque a gente merece.
O DE MIM É EXTENSIVO AOS MEUS BRAÇOS DE POLVO, CUJO NÃO VIVO MAIS SEM... (Alexandre, Ana Clara e Guigui...)

Mas quero um tempo.

E tenho duas dicas pra quem quer dar um tempo por aqui pertinho.

Se você tiver filhos ou não, vale a mesma coisa. MAS NÃO TEM RECREACIONISTA, então se você tiver filhos vai cansar do mesmo jeito! heheheheheh

Lá vai o PRIMEIRO:

Não há quem não conheça aqui por perto o famoso BAR DO PAULINHO em Lageado Grande... Também não há quem não conheça o PARQUE DAS CASCATAS, atrás do bar do Paulinho (ali passando a ponte!).

O LUGAR É LINDO. Tem piscina térmica, um ótimo restaurante, e as cabanas com lareira são tudo. MUITO BOM PRA LER UM LIVRO, TOMAR UM VINHO, COMER PINHÃO SAPECADO...
Vá, é perto de tudo e longe do mundo!

a cabana em estilo colonial, com o pé direito alto, os quartos ficam em cima!

olha a vista, e repara na grama branca:  É INVERNO FFFFFFFFFFRIO!

a lareira (cuidado pra não encher a sala de fumaça tá!)

a vista do restaurante

passeio a cavalo na beira do rio!

mais cavalos (agora com crianças!)


a piscina aquecida


DO OUTRO lado da estrada, vira-se à direita anda-se uns 30 / 35 km de estrada (muito de chão) e encontra-se o outro parque, no PASSO DO INFERNO - o PARQUE DA CACHOEIRA.
Lindo, aventureiro, cheio de coisas para fazer. Aqui o apelo é mais família, e tem programa pra todo mundo.
O visual é muito tri. Vale a pena ir:

olha o tamanho da queda d'água! e tem várias dentro do parque

as cabanas...

por dentro bem confortáveis...



"Estamos aqui para aprender..."

O tempo é mesmo injusto, se aproveita das nossas tristezas e as transforma em oportunidades!

Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget