quinta-feira, 6 de outubro de 2011

steve jobs = CRIATIVIDADE



Não conheço muito da vida do Sr. Jobs.
Sempre o achei fantástico e aprendi que ele era "imortal" com o sr. Edson Matsuo (acredito que ainda fã declarado da Aple).

Mas desconheço alguém tão criativo quanto ele.
Criativo e marketeiro... Sim, vamos lembrar que ele tornou NECESSÁRIO um tablet (digamos um telefone crescidinho...), que ele criou a mais fantástica (na minha opinião claro) plataforma de trabalho para design gráfico (quem já trabalhou num MaC sabe), e que nos presenteou com uma série de filmes hilários feitos para crianças, mas com lições de vida adultas (nunca desista de um amigo: TOY STORY)...

Pois é, ele ainda falou:
 "Algumas vezes a vida pode te atingir na cabeça com um tijolo. Não perca a fé. Me convenci que a única coisa que me fez seguir em frente é que eu amava o que fazia. Você tem que achar o que ama. E isso é tão verdade para o trabalho, quanto é para as pessoas que ama. Seu trabalho vai preencher boa parte da sua vida e a única maneira de ser verdadeiramente satisfeito é fazer o que acredita, é amar o que você faz. Se você não achou isso ainda, continue procurando, e não desista. Como todos os assuntos do coração, você saberá quando encontrar. (...) Não desista."
(Steve Jobs)



Mas o que mais me chamou atenção, mesmo foram as homenagens pós morte.
Acho que estamos entrando numa quarta era: A EMOÇÃO DIGITAL. E eu vou pensar mias sobre isso.

O Adeus talhado numa maçã (aple), ou a foto venerada num iPhone (é o que parece), me fizeram pensar que hoje não somos mais nada sem símbolos. Falamos por símbolos. Nossos valores estão intrínsecos em símbolos, que despejamos para quem quiser entender.

O símbolo da tristeza, foram as velas acesas ao lado de um telefone. O símbolo da partida de um líder criativo e que talvez sempre tivesse a palavra certa (o que é diferente da derrocada da empresa) foi uma maçã.

Eu estou impressionada.

Sei que estamos passando por uma época de resgates (veja o movimento vintage,a volta das coisas simples como privilegiar o jantar em família, ou querer uma educação tecnologicamente convencional aos filhos...) mas nunca tinha visto uma imagem que me mostrasse um resgate (culto à saudade) de uma forma tão moderna.

Pronto:  agora vou pensar o dia todo: QUEM SOMOS AFINAL? NÃO TEMOS MAIS VIDA NO PAPEL, VIDINHA, VIDA REAL, AGORA TUDO É VIRTUAL.... ATÉ MESMO A MORTE!?



IMPRESSIONANTE (para mim a mais impressionante imagem da partida do Sr. Jobs)


a foto fala sozinha... BYE MR. JOBS

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

DE NOVO ELA: COCA COLA

Ela está de aníver.
125 anos com corpinho de 30? Talvez até menos... 25! hahahahahah


E para comemorar lança um novo rótulo, celebrando aquilo que ela sabe unir e estruturar o ser humano: A FAMILIA (resgate total de valores!).
P.S: como ela não dá ponto sem nó, o rótulo estará disponível nas embalagens para grupos (1L, 1,5L, 2L, 2,25L, 2,50L....) !


Olha como ficou:


"Estamos aqui para aprender..."

O tempo é mesmo injusto, se aproveita das nossas tristezas e as transforma em oportunidades!

Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget