sexta-feira, 8 de abril de 2011

MUSIC

Não entendo muito de música.
Aliás, acho que não entendo nada.
Ou gosto, ou não gosto.

Mas gosto dessa: ADELLE. E quando fui buscar imagens dela, a descobri linda. Uma menina maior, de cabelos ruivos e olhos penetrantes.

AMEI a voz dela, a postura dela no palco, a performance frente as câmeras...
Me parece uma mulher que assume quem é, quem quer ser e o tamanho que tem.

É linda! (Em todos os sentidos)
Por isso a partir de hoje, ela faz parte do meu playlist.

Como não acho justo obrigar a você a escutar o que EU quero, dá um play se ficou curioso!

p.s: como boa fashionista, não poderia deixar de PERCEBER a LINDA malha que ela tá usando! heheheheh


quinta-feira, 7 de abril de 2011

Tempero de MODA

Algumas marcas que cercam a gente, levam consigo um DNA.

Se fugir desse DNA, perde o reconhecimento e perde o cliente, afinal mudanças são bem vindas, desde que a raiz seja mantida.

Esse é o caso da PÓ DE PIMENTA. As vezes a marca briga consigo para fugir do estereótipo consagrado (os bordados manuais, especialmente), e depois de um tempo retorna com esse tempero. Porque? Talvez a marca (e com toda a razão) queira também fazer o que a moda pede, a alfaiataria limpa, a boa modelagem, o bom corte...

Mas isso não significa que as técnicas manuais devam ser esquecidas. E, como ela trabalha só com PRONTA ENTREGA, fica fácil de corrigir o percurso no meio do caminho.

Atualmente resgatando os manuais e seus efeitos (tricots, estampas, crochets e bordados) ela tem feito bonito... Vale a pena conferir no BLOG! (e aqui também... heheheeh!)

Ah, recadinho para todos: NÃO ESQUECE SUA ESSÊNCIA, NÃO ADIANTA BRIGAR CONTRA A MARÉ! VOCÊ É O QUE É, SE NÃO DEIXA ESPAÇO PARA OUTROS VIREM E SE APROPRIAREM DO SEU ESPAÇO!


SUBLIMAÇÃO NO CASAQUINHO (não é uma graça?)

COLETE DE CROCHET, CAMISA COM BABADINHOS (sempre tem que ter um mimo)

CHEMISÈ BORDADA, COLETE DE TRICOT MANUAL: resgate de essência

quarta-feira, 6 de abril de 2011

o NOVO Peugeot - PURO DESIGN

EU QUERO UM DESSES, UM NOVO PEUGEOT - PURO DESIGN

É tudo...
Não, não sou maneta, dirijo direitinho, mas o conceito, o design, o aproveitamentodo espaço é simplesmente TUDO.
Ele cabe em qualquer lugar, entra em qualquer vaguinha, e é o arrojo puro do design.

CERTAMENTE NÃO TEM PREÇO....


video

terça-feira, 5 de abril de 2011

a imaginação da DEDEKA

Preciso me colocar em três (ou quatro?) posições diferentes:
1. como “usuária” – gente o produto não tem fim. As crianças crescem e o produto fica igual, bom de usar, sem bolinhas, confortável, TUDO DE BOM...
2. como estilista: não tem o que por nem o que tirar de cada um dos produtos. A modelagem fica perfeitinha, quem tem 4 anos usa tam. 4 quem tem 4 meses usa tam P. Isso é padronização. Sei que em qualquer lugar que eu pedir Dedeka vai servir...
3. como “MÃE DE MISS” - ver a Ana Clara como capa do catálogo da Dedeka fou SSSSSSSUPER (sim e ela se presta a todas as poses que vcs imaginarem...)

4. como bloggeira:

Fazer de uma roupa um contexto é uma grande sacada.
Fazer de um contexto um momento, é tudo o que a gente precisa.
Fazer do momento um motivo para estar perto, para conviver com a criança que a gente ama... Não tem preço.

Adoro ver as fotos contentes dos pequenos e saber que a galera do outro lado tava dançando balé (né tio Marcos?), tava imitando bichos, tava contando histórias e colocando os modelos dentro do tal livro de onde saiam dragões, princesas e ursos.

Se você acha que as fotos que você vê são de crianças felizes, é porque além dos produtos ultra confortáveis, eles se divertiram muito, imaginando que o mundo do faz de conta é possível!

Aproveite, as imagens falam por si.

Eu AMEI!
a CAPA (Ana Clara soprando os pássaros de origami...)

olha a Marina tentando pegar os pássaros...

A concentração dele é incrível...

Tudo combina com tudo... Dá vontade de ter TUDO!


SACADA: preciso de um desses lá em casa, pro bebê que fica sempre descoberto!

OS BÁSICOS: não há NADA melhor no mercado (palavra de mãe!)

segunda-feira, 4 de abril de 2011

o CURIOSO e o TRICOT


Sempre achei que o estilista fosse um curioso inato.
Acha soluções inóspitas para problemas nada corriqueiros. Inventa formas de execução nem sempre acompanhadas pelas modelistas, pelas costureiras ou pelos programadores de tricot.  
É engraçado pensar nisso agora.
Essa alma inventiva teve que sair de algum lugar, e certamente foi na infância que ela foi alimentada.
A curiosidade deve ser a prima mais nova (ou a irmã mais velha) da criatividade.
E o legal disso tudo é que não tem fim. Começa de novo e de novo e de novo a cada idéia nova.
As tricoteiras modernas (acho que são as mais curiosas, pq tem que entender do processo tb) estão sempre se reinventando, misturando texturas, pontos e recriando a roda.
Mas a solução encontrada pela Imaginarium para mostrar o tricot, não é nada convencional. E é de uma criatividade ímpar.
Vale a pena ficar curioso e descobrir como foi feito o produto!
Não existe receita... Tem-se um começo, mas o fim nunca é igual!

O TRICOT e suas aplicações  (tecimento de trama)

O TRICOT aplicado em sublimação (o máximo, tem-se o visual, sem o toque)

"Estamos aqui para aprender..."

O tempo é mesmo injusto, se aproveita das nossas tristezas e as transforma em oportunidades!

Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget